CLUBE PARANAENSE DE CICLISMO DE MONTANHA

WORLD CUP MTB-XCO 2009 4ª ETAPA (MADRI-ESPANHA)

World Cup XC #4 - Especial Madri

Absalon e Fullana vencem

Madri foi a sede da quarta etapa da World Cup XCO 2009. E como era esperado, o público espanhol compareceu em massa.

O brasileiro Henrique Avancini vem participando das etapas da WC deste ano. Ele faz parte da equipe ISD Cycling Team. Avancini terminou a sua prova na 73ª colocação, cerca de 12 minutos a mais do campeão da etapa, Julien Absalon.

Na primeira prova do dia, Marga Fullana honrou sua pátria e levou a melhor, depois de uma recuperação incrível. A espanhola, que recebeu pressão o tempo todo, fez uma chegada emocionante com a canadense Marie Helene Premont.

Antes de darem a largada, os organizadores da UCI decidiram diminuir uma volta, das cinco programadas, devido à chuva que caiu em Madrid no dia anterior, pois o terreno poderia comprometer a performance dos homens que largariam logo em seguida. Confiram:

Competição feminina



Cerca de 63 mulheres alinharam para darem quatro voltas no percurso.

Já na primeira subida, Lene Byberg (Specialized Factory Racing) assumiu a ponta. Um grupo de seis atletas foi formado logo em seguida.

No meio da primeira volta, Byberg continuava na liderança, mas seguida de Margarita Fullana (Massi), Catharine Pendrel (Luna Pro Team) e Marie-Helene Premont (Team Maxxis-Rocky Mountain Bicycles).

Mas para delírio total da galera, Fullana assume o papel de liderança da prova. Depois de cinco segundos, Byberg e Pendrel. Um grupo com Premont, Maja Wloszczowska (CCC Polkowice), Elisabeth Osl (Central Ghost Pro Team) e outras vinham atrás com 20 segundos.

Assim que cruzaram a segunda volta, Fullana, Premont e Byberg pedalam juntas. Pendrel é a quarta com 17 segundos. Eva Lechner (Colnago Cap Arreghini) é a quinta colocada com 18 segundos. Maja Wloszczowska (CCC Polkowice) e Osl completam às top 10.

No subidão, as três líderes não se desgrudam. A pressão aumentava a cada trecho do circuito e quando chegaram no single track, a canadense assume a liderança da prova.

No registro da terceira volta, Premont ataca e segue livre. Fullana e Byberg ficam bem atrás. Pendrel encosta nas duas. E o pelotão começa se aproximar das demais. A pressão aumenta!

No subidão, Premont ainda domina a prova. Mas Fullana e Byberg começam se recuperar. E na entrada do single track, as duas encostam na líder. A prova passa a ter outro patamar. Mas no final da volta, Byberg assume a liderança. Fullana e Premont estão atrás. Pendrel tem problemas mecânicos.

Última volta! Premont segue na frente. Fullana e Byberg vem bem na sua roda. Pendrel fica fora da disputa por um lugar no pódio com mais de um minuto atrás. Spitz é a sua principal ameaça. Osl e Lechner estão mais atrás com dois minutos.

No subidão, Fullana realiza um ataque fulminante. Os espanhóis vão à loucura. A galera começa correr do lado como forma de incentivo. Premont e Byberg ficam sem reações neste momento.

No single track, Premont volta ameaçar e encosta na espanhola. Aflição total neste momento, já que faltavam dois quilômetros para o término da prova. O centro das atenções passa para as duas atletas.

E com um sprint bem antes da chegada, a espanhola bate a canadense e chega com uma pequena vantagem de quatro segundos. Para festa dos espanhóis.

Resultados do Feminino

1 Margarita Fullana Riera (Spa) Massi 1.28.24
2 Marie-Helene Premont (Can) Team Maxxis-Rocky Mountain Bicycles +0.04
3 Lene Byberg (Nor) Specialized Factory Racing +0.15
4 Sabine Spitz (Ger) Central Ghost Pro Team +2.17
5 Catharine Pendrel (Can) Luna Pro Team +2.19
6 Elisabeth Osl (Aut) Central Ghost Pro Team +2.47
7 Eva Lechner (Ita) Colnago Cap Arreghini +3.54
8 Nathalie Schneitter (Swi) Colnago Cap Arreghini +4.06
9 Maja Wloszczowska (Pol) CCC Polkowice +4.11
10 Petra Henzi (Swi) Fischer-BMC +4.21

Competição masculina



O Brasileiro Henrique Avancini no detalhe!

As esperanças do público espanhol estavam voltadas para José Hermida. Pois o espanhol não tinha ido bem nas duas últimas etapas - uma vez que ele venceu a primeira do ano.

Mas a prova foi mesmo de Julien Absalon. O francês mostrou mais uma vez que está imbatível nesta temporada e levou a primeira colocação com uma boa vantagem para o segundo colocado: Ralph Naef; que está sendo o atleta mais regular deste ano.
Confiram como foi:
Todos os 125 atletas tiveram que dar seis voltas no percurso.

Já no meio da primeira volta, Ralph Naef (Multivan Merida Biking Team) e Geoff Kabush (Team Maxxis-Rocky Mountain Bicycles) lideravam com cerca de 20 segundos dos demais.

Assim que Naef registrou a volta, Roel Paulissen (Cannondale Factory Racing) surge como o homem destaque da prova com 20 segundos do pelotão, que está muito embolado.

A partir da segunda volta, Absalon ataca na subida e encosta em Naef. Burry Stander (Specialized Factory Racing) vai na sua cola, ficando em terceiro lugar naquele momento. Nesse momento do subidão, a galera vai a loucura ao verem os ataques dos seus ídolos.

Assim que entram no single track para iniciarem a descida, o pelotão é formado com nove atletas: os líderes e Sauser, Paulissen, Hermida, Fontana, Wells e Kurschat.

Absalon e Naef registram a terceira volta com o tempo de 34:46s. Depois de 30 segundos, um pelotão com quatro atletas registram a volta: Hermida, Paulissen, Stander e Nino Schurter. Depois de 14 segundos, mais oito atletas: Peraud, Fontana, Manuel Fumic, Moritz Milatz, Stéphane Tempier, Gutierrez, Todd Wells e Sauser.

Naef ataca e registra a quarta volta na frente do francês. Mas a briga está mesmo bem atrás, pois a trocas de posições são constantes. O pelotão é formado com 14 atletas.

No meio da volta, Absalon volta assumir a liderança, mas recebendo pressão de Naef. Stander, Schurter, Hermida e Paulissen estão bem atrás com 49 segundos.Bem atrás outro pelotão com Peraud, Fontana e Milatz; um minuto. Com mais de um minuto e meio aparecem Fumic, Wells, Gutierrez e Sauser, que não está bem na prova.

A temperatura em Madrid cai para 19 graus, mas os pilotos nem sofrem com isso. O clima está fervendo dentro da prova.

A quinta volta é registrada e os líderes ainda permanecem na frente sem ameaças. Já são 1:09;39 de prova corrida. O maior pelotão da prova é formado com mais de 15 atletas, todos embolados.

No início do subidão, Naef ataca e abre 10 segundo de Absalon. A galera vai à loucura. O suíço entra no single track e parte para o downhill sozinho.

Naef registra a última volta e abre cerca de 11 segundos do “cavalo voador”. Mas foi apenas isso, pois o melhor do show estava por acontecer.

“Arregaçando as asas”, Julien Absalon faz um ataque fulminante no subidão (4 minutos de subida) e ultrapassa o suíço. Nem precisa descrever como o público ficou.

O francês já abria mais de cinco segundo do suíço. E no meio do single track ele já estava com mais de 20 segundos. Incrível. Naquela altura nada impedia a vitória do “cavalo voador”.

Resultados do Masculino

1 Julien Absalon (Fra) Orbea + 1.44.32
2 Ralph Naef (Swi) Multivan Merida Biking Team +1.06
3 Moritz Milatz (Ger) Multivan Merida Biking Team +1.59
4 Marco Aurelio Fontana (Ita) Cannondale Factory Racing +2.00
5 Nino Schurter (Swi) Scott-Swisspower MTB-Racing +2.02
6 Jean-Christophe Peraud (Fra) Massi +2.02
7 Burry Stander* (RSA) Specialized Factory Racing +2.16
8 Inaki Lejarreta Errasti (Spa) Orbea +2.16
9 Manuel Fumic (Ger) Fumic.Brothers.International +2.17
10 Roel Paulissen (Bel) Cannondale Factory Racing +2.18

73 Henrique Avancini* (Bra) ISD Cycling Team +11.58

World Cup XC #4 - Especial Madri - Bastidores

Essa foi a última competição antes da oficialização do novo grupo XX da SRAM. Este novo grupo aposta no uso de um cassete de 10 velocidades com um pedivela de apenas duas coroas. O campeão da etapa, Julien Absalon esteve usando o grupo em diversas competições.



Outro atleta que também usou algumas peças foi Christoph Sauser. Os câmbios, passadores, freios e pedivela estavam “escondidos” com uma fita preta, que não deixou à mostra 100% da marca, pois ainda não havia sido lançado oficialmente. Vide fotos.

O brasileiro Henrique Avancini participou da competição, terminando na 73º colocação. Ele está usando uma Specialized S-Works.

GALERIA DE FOTOS(PEDAL.com.br)

FOTOS DA PROVA(32)

FOTOS BASTIDORES (14)


FONTE: PEDAL.com.br

FOTOS: PEDRO CURY

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

VISITANTES ONLINE

site statistics

TOTAL DE VISITAS