CLUBE PARANAENSE DE CICLISMO DE MONTANHA

REGULAMENTO TÉCNICO CMMTB 2013



APRESENTAÇÃO

Art. 1º Este Regulamento Técnico de Mountain Bike, baseia-se nas especificações da UCI (União Ciclística Internacional) e 
da CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo), estando a estes subordinados. Todos os envolvidos nas provas organizadas 
e/ou supervisionadas pela FPC estão obrigados a conhecer este Regulamento e  as Normas da modalidade, não podendo 
alegar sob qualquer hipótese, ignorância aos preceitos aqui descritos.
CAMPEONATO
Art.  2º O  Campeonato Metropolitano  de Mountain Bike de 2013 será realizado em 08 etapas, sendo realizadas na 
modalidade de Maratona em sua totalidade. 
Art. 3º O Campeonato será representado pelas iniciais CMMTB (Campeonato Metropolitano de Mountain Bike)
Art. 4º Qualquer atleta poderá participar do Campeonato Metropolitano de Mountain Bike, sendo ou não federado.
Art. 5º- O preenchimento correto dos dados na ficha de inscrição são de responsabilidade do atleta, A falta de dados os 
dados incorretos pode ocasionar a perda do direito do seguro atividade que a organização oferece a todos os competidores.
Art. 6º Todo atleta ou o dirigente da sua equipe deverá assinar a súmula da prova, para formalizar a sua participação antes 
da largada. 
Art. 7º- A súmula poderá, dependendo do evento e da organização, ser substituída pela ficha de inscrição da prova. 
Art.  8º No caso de participação de atleta menor de idade, a ficha de inscrição da prova deverá ser assinada pelo seu 
responsável legal.
Art. 9º Todo atleta deverá agir dentro dos princípios de esportividade, mantendo a disciplina, cumprindo os horários 
estabelecidos e respeitando os companheiros, dando o melhor exemplo de esportividade. 
Art. 10º É extremamente proibida a circulação de atletas, no percurso ou pista, durante a realização de uma prova de outra 
categoria, principalmente pela área de controle da prova (linha de chegada). 
Art. 11º É proibido atrapalhar o trabalho de controle dos comissários e fiscais, bem como agir desrespeitosamente com os 
mesmos ou não acatar as suas orientações. Lembre-se, o fiscal está trabalhando para auxiliar os competidores, 
principalmente no item de segurança.
Art. 12º Ao abandonar a competição (quebra, desistência ou eliminação), o ciclista deverá procurar sair do percurso o mais 
rápido possível, informando o fato ao controle da prova ou ao comissário mais próximo. 
Art. 13º Após receber a bandeirada de chegada, o atleta não poderá continuar circulando pelo trajeto. 
Art. 14º É proibido impedir a ultrapassagem de forma desleal e antidesportiva. É proibido "ziguezaguear" à frente de outros 
ciclistas durante a disputa. 
Art. 15º É proibido a ultrapassagem nas áreas de arbitragem demarcadas pela organização da prova.
Art. 16º É proibido o uso de meias de compressão e camisas de ciclismo ou similar sem mangas.
Art. 17º É de responsabilidade dos ciclistas notificarem a organização sobre todo e qualquer acidente ocorrido durante o 
evento.
Art. 18º- É PROIBIDA a troca de bicicletas durante a prova, 
Art. 19º- Em hipótese alguma poderá haver reboque ou auxílio ao ciclista durante o trajeto.
Art. 20º – As reclamações somente serão aceitas por escrito, mediante o preenchimento da ficha de reclamação e 
pagamento de taxa no valor da inscrição, sendo devolvido caso proceda à reclamação.                                        
                                                                                      
SEGURANÇA
Art. 21º É obrigatório o uso de Capacete protetor. A direção da prova poderá impedir a participação dos atletas que não 
estiverem utilizando o capacete.
Art. 22º As bicicletas deverão estar em perfeitas condições de uso, como: freios dianteiro e traseiro, garfo, quadro, guidão e 
suporte de guidão em ordem, livres de rachaduras ou empenamento.
Art. 23º Todas as competições são realizadas em estradas rurais, tendo o fluxo de veículo e pessoas funcionando 
normalmente, todo ciclista deverá respeitar rigorosamente a mão de direção da via, sempre seguir pelo lado direito e 
respeitando as normas nacionais de trânsito. O Atleta que foi flagrado descumprindo esta norma, será automaticamente 
desclassificado da competição.
NUMERAÇÃO
Art. 24º A numeração será fornecida na primeira etapa que o atleta participar, e o mesmo número deverá ser usado em 
todas as demais etapas. A numeração de identificação fornecida pela organização do evento, deverá ser fixada na parte 
frontal da bicicleta, sem violação de seu formato original.
Art. 25º Se o atleta perder a placa de identificação, deverá solicitar para a organização outro número mediante pagamento 
de uma taxa de R$ 10,00. 
Art. 26º Se o atleta quebrar a placa de identificação durante a competição, a organização irá fornecer outra placa sem custo 
ao atleta.
Art. 27º A placa de numeração não poderá ser alterada em nenhuma hipótese, caso seja alterada, o atleta deverá adquirir 
uma nova placa ou poderá ser desclassificado da competição.
CATEGORIAS
Art. 28º As categorias serão divididas da seguinte maneira:
ELITE MASCULINO/SUB23: Critério Técnico e Convidados baseado no Regulamento do CMMTB 2012.
SUB-30: 23 a 29 anos (Nascidos em 1990 A 1984)
JUNIOR: 17 a 18 anos (Nascidos em 1996 A 1995)
MASTER 30 a 34 anos (Nascidos em 1983 A 1979)
MASTER 35 a 39 anos (Nascidos em 1978 A 1974)
MASTER 40 a 44 anos (Nascidos em 1973 A 1969)
MASTER 45 a 49 anos (Nascidos em 1968 A 1964)
MASTER 50 a 54 anos (Nascidos em 1963 A 1957)
MASTER 55 a 59 anos (Nascidos em 1958 A 1954)
VETERANO: 60 anos acima (Nascidos em 1953 e anos anteriores)
FEMININO EXPERT – De 18 a 34 anos (Nascidas em 1979 e após)
FEMININO MASTER – De 34 anos acima (Nascidos até 1978)
ESTREANTES EXPERT: De 18 a 34 anos (Nascidos em 1979 e após)
ESTREANTES MASTER: De 35 anos acima (Nascidos até 1978)
SUPERAÇÃO: Categoria destinada a atletas PNE (Portadores de Necessidades Especiais)
JUVENIL: 15 a 16 anos (Nascidos em 1997 e 1998)
INICIANTES MASCULINO e INICIANTES FEMININO (Idade Livre – Percurso Reduzido)
VALOR DE INSCRIÇÃO

Art. 29º O valor de inscrição de cada etapa será no valor no R$ 40,00 por atleta sendo realizadas diretamente pelo site 
credenciado ou pelas lojas conveniadas (os locais de inscrição serão divulgados no informativo do evento)
Art. 30º Toda inscrição realizada através de sites especializados terão um acréscimo de R$ 3,00 de taxa de conveniência.
Art. 31º A inscrição efetuada é pessoal e intransferível, não podendo ser devolvida, repassada para outro atleta ou outro 
evento.                                        
                                                                                      
PREMIAÇÃO
Art. 32º Em  cada etapa serão premiados os cinco primeiros colocados de cada categoria com troféus  ou medalhas e 
medalhas de participação a todos os atletas que terminarem a prova
Art. 33º O 1º Colocado da categoria receberá uma premiação em dinheiro que será de acordo com o número de inscritos na 
categoria, sendo retirado o valor de R$ 3,00 de cada inscrição para reverter como forma de premiação.
Art. 34º A Categoria Elite Masculino receberá uma premiação referente ao valor de R$ 2,50 de cada atleta inscrito na prova,
independendo da categoria, sendo distribuído 50% desta premiação ao 1º colocado, 30% ao 2º colocado e 20% ao 3º 
Colocado.

Art. 35º A Premiação em dinheiro só será paga para as categorias que tiverem mais de 10 participantes na prova. As 
categorias Estreantes e Iniciantes não terão direito a premiação em dinheiro.
Art. 36º No Final do Campeonato serão premiados os três primeiros de cada categoria com troféus ou medalhas. 
Art. 37º Como forma de premiação, os três primeiros colocados das categorias Sub30 e o primeiro colocado da Categoria 
Master 30-34 anos e 35-39 anos deverão correr na categoria ELITE no próximo ano. 
Art. 38º- Durante a cerimônia de premiação, o ciclista deverá manter-se devidamente uniformizado, camisa (não podendo 
estar com a camisa aberta mais de 10 cm) calção (de ciclismo) e calçado (sapatilha de ciclismo ou tênis),  ou podem ser 
trocados por roupas que identifiquem sua equipe. Só serão dispensados de usar o uniforme durante a premiação quando o 
diretor de prova assim autorizar por algum motivo. 
Art. 39º Todos os atletas que se incluírem na premiação, deverão estar presente na cerimônia da premiação.
Art. 40º Os atletas que não estiverem presentes à cerimônia ou não estiverem devidamente uniformizados no pódio,  serão 
automaticamente desclassificado da etapa, salvo em casos devidamente justificado por escrito antes do início da competição.
 
RANKING INDIVIDUAL
 
Art. 41º A tabela de pontos para o ranking do CMMTB 2013 do atleta será da seguinte maneira:
1º Colocado – 15 pontos; 2º Colocado – 12 pontos; 3º Colocado – 10 pontos; 4º Colocado – 8 pontos; 5º Colocado  – 7 
pontos; 6º Colocado – 6 pontos; 7º Colocado – 5 pontos; 8º Colocado – 4 pontos; 9º Colocado – 3 pontos; 10º Colocado - 2 
pontos; 11º colocado em diante - 1 ponto. 
Art. 42º Todo atleta deverá descartar um dos 8 resultados, podendo ser o pior resultado ou uma prova que o atleta não 
pode participar.
Art. 43º No caso de empate, o critério adotado para será: 1º - Maior número de vitórias e se permanecer empatado, serão 
verificado o melhor resultado na ultima competição.
 
RANKING POR EQUIPES.
 
Art. 44º Toda equipe que quiser participar do Ranking por equipes, deverá se cadastrar preenchendo o formulário “Equipe 
Oficial CMMTB 2013” que se encontra no final deste regulamento e enviar para a organização. 
Art. 45º Para cada atleta participante da equipe, deverá ser preenchido uma ficha de inscrição individual e enviar para a 
organização. Os pontos de cada atleta só serão considerados depois que o formulário for entregue à organização. 
Art. 46º No ranking por equipes, todas as equipes cadastradas pontuarão para esse ranking somente com 10 resultados, a 
equipe poderá participar com quantos atletas assim desejar, mas para o ranking por equipes, somente os 10 melhores 
resultados pontuarão. 
Art. 47º Atletas que correrem nas Categorias INICIANTES e ESTREANTES, não pontuam para nenhuma equipe.
Art. 48º O Prazo máximo para os atletas trocarem de equipe é dia 01 de Maio de 2013, e neste caso, o atleta que trocar de 
equipe não levará os pontos conquistados até esta data para sua nova equipe.                                        
                                                                                      
DISPOSIÇÕES GERAIS
 
Art. 49º- Caberá ao diretor de prova nomear seus auxiliares, identificando-os como comissários, aos quais serão delegados 
poderes de controle, classificação e fiscalização.  Todos os comissários ou fiscais deverão usar vestimenta própria, que os 
identifique nas provas.
Art. 50º- O diretor de prova é a autoridade máxima nas competições, cabendo aos ciclistas, representantes e participantes 
em geral, acatar as determinações desta autoridade.
Art.  51º- Os casos não relacionados ou omissos serão deliberados pelo Diretor de prova, cabendo recurso somente na 
Federação.
 
Este Regulamente foi elaborado e discutido no dia 08 de Dezembro de 2012, tendo a participação de:
 
Adriano Malinowski – Organizador Campeonato Metropolitano de Mountain Bike 2013
Alexandra Malinowsi – Comissária Campeonato Metropolitano de Mountain Bike 2013
Maria Eliza Malinowski – Comissária Campeonato Metropolitano de Mountain Bike 2013
Daniel Azevedo Dalavali – Atleta Categoria Elite Equipe Aro Action Sports
Alexssandro Coltro –Equipe Aro Action Sports
Gilberto Guimarães Lopes – Equipe Bike Brothers
Fabricio Fameli – Equipe Bike Brothers
José Ronaldo Trindade –Equipe Bike Brothers
Marcio Basso Nascimento – Equipe Clube Campolarguense de Ciclismo
Silvano Antonio Gelinski – Equipe Clube Campolarguense de Ciclismo
Graziella Trovatto – Equipe Clube Campolarguense de Ciclismo
Aluizio Durval Maia – Equipe Clube Campolarguense de Ciclismo
Evilásio Wielevski – Equipe 13ª Mountain Bike
Cristiano Bernardo – Equipe 13ª Mountain Bike
Fabrini de Alencar Nogueira – Equipe 13ª Mountain Bike
Angelo Hayashi – Equipe 13ª Mountain Bike
Marcos Antonio Razera – Clube Piru Bikes
Marcio Rogerio Razera – Clube Piru Bikes
Antonio Carlos Duda – Clube Piru Bikes
Emerson Antonio Leal – Equipe Sanjo Bikers
Guilherme Pinheiro – Equipe Sanjo Bikers
Claudinei Batista – Equipe Sanjo Bikers
João Pedro de Jesus Carvalho – Sada Parts
Luiz Paulo Motinho – Esporte na Foto
Simone Seguro – Esporte na Foto
 
DEPARTAMENTO TÉCNICO
Adriano José Malinowski
FEDERAÇÃO PARANANESE DE CICLISMO
 
 
 
 

ESSE BLOG TEM O APOIO DE








"A EXPERIÊNCIA NO TRATO DE SUA BIKE"

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário