CLUBE PARANAENSE DE CICLISMO DE MONTANHA

"HIKE BIKE"



O biker Odair Pereira ensina
os segredos dessa manobra

Texto e fotos: Marcos Adami

Hike vem do inglês: andar, caminhar a pé. O hike bike é uma manobra muito utilizada em provas de ciclocross e mountain bike e a manobra hike bike tem seus segredinhos. "O hike bike é uma manobra muito comum em circuitos europeus de mountain bike", revela Odair Pereira, do Scott Racing Team. O hike bike também é usado para transpor rios profundos e subir escadas.

Existem diferentes formas de se carregar a bike:

A maneira mais comum é segurar com a mão direita no tubo oblíquo, alguns centímetros antes do movimento central. Segurando nesse ponto, vai facilitar muito o movimento de levantar a bike. Enquanto a mão direita faz o movimento descrito acima, a mão esquerda se mantem no guidão, servindo como guia.

A mão direita passa sob o tubo
horizontal e segura o tubo oblíquo
próximo o movimento central.
A mão esquerda fica no guidão

Se estiver em uma trilha fechada com vegetação, use a mão esquerda para abrir caminho na vegetação.

Com um movimento rápido e preciso o piloto encaixa o selim em seu ombro.

Em um movimento rápido apóie
o quadro no ombro. Essa
maneira é utilizada em subidas
íngrimes e/ou com obstáculos altos

A outra forma de se fazer o hike bike é levantar ainda mais a bike encaixar seu ombro dentro do quadro. Cuidado: Se a sua bike tem duas caramanholas nem sempre isso é possível, pois seu ombro vai se chocar com a caramanhola presa no tubo vertical. Essa variação do hike bike é utilizada para subidas íngremes e/ou com obstáculos altos que podem tocar na roda traseira.

Para trechos muito curtos, de até 5 metros, de hike bike (passagem sobre cursos d'água, lamaçal curto, etc...), Odair ensina que você pode optar por apenas carregar sua bike a tiracolo, sem precisar levantar a bike até seus ombros.

Para trechos mais curtos segure
com a mão direita no tubo oblíquo
e apoie o selim no ombro

"Você deve ganhar o máximo de tempo. Em trechos muito curtos não compensa gastar energia levantando a bike até os ombros", afirma o biker.

Odair ainda dá outras dicas importantes:

No início do ano acostume-se a treinar alguns dias de corrida por semana. Treino corridas de até 20-25 minutos para preparar minha musculatura.

Treine em uma trilha que onde você vai precisar fazer várias vezes o hike bike. Assim você já estará treinando para quando precisar fazer esta manobra e ao mesmo tempo vai se acostumando ao peso da sua bike.

Desenvolva a agilidade também. Venha com a bike, desmonte, faça o hike bike e treine como montar e sair pedalando, tudo o mais rápido possível. Na prova tudo isso tem que ser muito rápido e com precisão para não perder tempo e deixar seu adversário abrir terreno.

Ao carregar a bike, deixe o pedal em uma posição ideal para facilitar a pedalada quando montar na bike novamente.

"Quando vou a uma circuito e estou em dúvida se devo fazer hike bike ou transpor montado um trecho, a melhor maneira é tentar as duas formas e medir o tempo para saber qual rende mais. Às vezes é melhor desmontar e carregar a bike que se arriscar a cair e se machucar ou danificar a bike" Odair Pereira.

Uma dica esperta: Antes de desmontar da bike para transpor um trecho de hike bike, deixe em uma relação de marchas que será a ideal para quando montar na bike novamente. Exemplo: Se depois do hike bike vem uma subida travada, deixe uma marcha apropriada para vencer aquela subida.

FONTE: BIKEMAGAZINE

0 COMENTÁRIOS:

Postar um comentário

VISITANTES ONLINE

site statistics

TOTAL DE VISITAS